sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Morre o Rapper degolador do Estado Islâmico em bombardeio dos USA na Síria

Diversos apoiadores do Estado Islâmico ao redor do mundo afirmaram em fóruns de debate que a voz que canta os versos da música é do alemão Deso Dogg
A letra da música que acompanha as imagens faz menção a ataques terroristas, decapitações e torturas praticadas pelo grupo. Tudo legendado em inglês Os principais alvos da música são os Estados Unidos e alemanha. O vídeo também mostra imagens do presidente Barack Obama,  Ex-secretário de imprensa do Pentágono, John Kirby, e o general americano  Martin Dempsey
 Ao final do vídeo, um terrorista aparece vestindo um cinto de explosivos. Em seguida, surgem imagens da Times Square, em Nova York O homem-bomba aparece puxando o pino de uma granada. Em seguida, a tela fica preta e podem-se ouvir gritos seguidos de uma explosão
'Para os inimigos de Alá, onde estão as suas tropas? Não podemos mais esperar, ó Deus vamos destruí-los!” é um dos versos da música, cantada em alemão “Escutem vocês, cães do inferno, esta é uma mensagem e muitos vão seguir. Este é apenas o começo', diz outro trecho

 Imagens inéditas da execução do agente humanitário britânico David Haines e das decapitações de 21 cristãos egípcios mortos em fevereiro deste ano também aparecem no vídeo Outro trecho diz 'os soldados mutilados estão voltando
A sua terra natal. Olhos estão sendo perdidos, corpos sem pernas, queremos seu sangue, o gosto é tão maravilhoso 'Confira o vídeo completo,youtube
 Anterior O rapper alemão Deso Dogg, que integrava as fileiras do grupo extremista Estado Islâmico na Síria e que já havia ameaçado publicamente o presidente norte-americano, Barack Obama, foi morto em um ataque aéreo dos Estados Unidos, segundo informou o tabloide britânico Daily Mail
Por conta de suas habilidades na produção dos vídeos violentos do Estado Islâmico, Deso Dogg chegou a ser comparado ao alemão chefe de propaganda nazista, Josef Goebbels.  Acredita-se que Dogg tenha feito um juramento de lealdade ao líder do Estado Islâmico, Abu Bakr al-Baghdadi, e trabalhava como recrutador de novos extremistas alemães. Em fevereiro, foi revelado que o rapper estava sendo espionado pela agência de inteligência norte-americana, o FBI, por meio de uma mulher síria que ele acreditava ser sua esposa

Em abril deste ano, foi divulgado um vídeo do Estado Islâmico acompanhado de um rap sobre a jihad (guerra santa) e de imagens de soldados americanos mutilados e militantes islâmicos armados. Nas filmagens, os radicais insinuam um ataque contra a cidade de Nova York
A letra da música que acompanha as imagens faz menção a ataques terroristas, decapitações e torturas praticadas pelo grupo. Tudo legendado em ingles. O homem-bomba aparece puxando o pino de uma granada. Em seguida, a tela fica preta e podem-se ouvir gritos seguidos de uma explosão, "Para os inimigos de Alá, onde estão as suas tropas? Não podemos mais esperar, ó Deus vamos destruí-los!” é um dos versos da música, cantada em alemão. “Escutem vocês, cães do inferno, esta é uma mensagem e muitos vão seguir. Este é apenas o começo", diz outro trecho.
Imagens inéditas da execução do agente humanitário britânico David Haines e das decapitações de 21 cristãos egípcios mortos em fevereiro deste ano também aparecem no vídeo Outro trecho diz "os soldados mutilados estão voltando à sua terra natal. Olhos estão sendo perdidos, corpos sem pernas, queremos seu sangue, o gosto é tão maravilhoso"  Fonte>TIMES

quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Um cristão verdadeiro

"Um cristão verdadeiro é uma pessoa estranha em todos os sentidos. Ele sente um amor supremo por alguém que ele nunca viu; conversa familiarmente todos os dias com alguém que não pode ver; espera ir para o céu pelos méritos de outro; esvazia-se para que possa estar cheio; admite estar errado para que possa ser declarado certo; desce para que possa ir para o alto; é mais forte quando ele é mais fraco; é mais rico quando é mais pobre; mais feliz quando se sente o pior. Ele morre para que possa viver; renuncia para que possa ter; doa para que possa manter; vê o invisível, ouve o inaudível e conhece o que excede todo o entendimento."
A. W. Tozer

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Vida Sim Droga Não

Senador magno Malta e Andreia Espanha e  Deputado Lazaro da Bahia
A presidente da casa missionária, Drª Fabiana Teixeira, lançou hoje,
Oficialmente o site: “Vida sim Drogas Não’’ o site teve a criação do publicitário Luiz Eduardo,em parceria com Drª Andreia Espanha,também advogada da instituição. O lançamento oficial aconteceu na manhã desta quarta feira na câmara federal,com apoio de todos os parlamentares evangélicos, do congresso nacional,como o senador Magno Malta que é o presidente da frente parlamentar no congresso. Presente deputados e senadores evangélicos e católicos e cidadãos brasileiros.Todos unidos: Vida Sim Droga Não
Senador Magno Malta preside a seção 


 Senador Magno Malta, Andreia Espanha e Deputado Federal,Irmão Lazaro da Bhaia.

DICAS DE SAÚDE

"Meninas, gostaria de dividir com vocês  uma informação muito importante. Estive hoje a tarde em um evento que uma amiga promoveu na loja dela, em comemoração ao Outubro Rosa. Ela levou como convidada uma médica do Hospital do Câncer de MG, que desenvolve um trabalho maravilhoso! Dentre todas as informações sobre tratamento e prevenção que ela deu, uma me chamou a atenção: ela disse que todas nós que usamos tintura de cabelo deve tomar a seguinte precaução: tomar bastante água antes da tintura, e durante todo o tempo de ação do produto, manter a bexiga cheia e só esvaziar após lavar os cabelos. O motivo: para que as partículas de chumbo que as tinturas contêm não fiquem depositadas na bexiga, que é para onde elas são direcionadas. Com a bexiga cheia, vc pode eliminar depois. E ela disse para sempre darmos preferência para os produtos sem amônia. Não é corrente, ouvi da boca da oncologista nessa tarde. Vou divulgar em todos os grupos de mulheres que eu tenho! Vamos prevenir!" 
Via WhatsApp

quinta-feira, 22 de outubro de 2015

10 DICAS PARA PROTEJER SEU CASAMENTO

Muitas vezes um casamento vai bem, e acaba abalado por causa de um relacionamento inesperado com uma terceira pessoa. Começa de maneira inocente e agradável, torna-se cada vez mais envolvente. Por fim, traz complicações e desgraças para muita gente.
Não foi um acidente ou "um grande amor que surgiu". Foi um
Relacionamento do qual o casamento deveria ter sido protegido. Não seja ingênuo pensando que isto só acontece com os outros. Muita gente boa já caiu exatamente por ser ingênua assim. Lembre-se de 1 Coríntios 10.12. Por isso, proteja seu casamento...
Eis algumas dicas:
Tenha bom senso com suas companhias
Evite gastar tempo desnecessário com alguém do sexo oposto. Muitos casos surgem por não se agir assim. Se um executivo precisa de aulas particulares de inglês não deve
contratar uma jovem professora. Contrate um homem.
Não significa que cada contato com alguém do sexo oposto seja porta para o adultério. Significa evitar oportunidades para cair.
Companhia contínua cria intimidade. Intimidade com o sexo oposto traz problemas.
Tome cuidados com as Confidências
A pessoa mais íntima de alguém deve ser seu cônjuge. Segundo a Bíblia, são "uma só carne", isto é, uma só pessoa. Se há aspectos de seu relacionamento que você não pode compartilhar com esposo(a) e compartilha com alguém do sexo oposto, a coisa está ruim. As pessoas tendem a se solidarizar com quem sofre e a proximidade emocional se torna perigosa. Um homem que se queixa de sua esposa para outra mulher está traçando um caminho perigoso. Isto vale para quem faz e para quem ouve confidências.
Evite momentos a sós
Decida não ter momentos privados com alguém do sexo oposto. Se um(a) colega de trabalho pedir para ter um almoço com você, convide uma terceira pessoa. Se necessário, não se constranja em compartilhar os limites que você e seu cônjuge concordaram ter no seu casamento. É melhor ser visto como rude que vir a cair em pecado.
Vigie seus pensamentos

Cuidado com o que pensa. Se você só se detém nos defeitos de seu cônjuge, qualquer outro homem ou mulher parecerá melhor. Faça uma lista das coisas que inicialmente lhe atraíram em seu cônjuge.
Aumente o positivo e diminua o negativo. Evite filmes, conversas, sites e literatura que apologizam o adultério. Lembre-se de Colossenses 3.2. Valorize um ao outro.
  EVITE comparações
Um homem trabalha com uma mulher perfumada, maquiada, bem vestida. Em casa encontra a esposa, com criança no colo, cabelo desfeito, banho por tomar. Uma mulher encontra um homem compreensivo com quem pode se abrir, e se sente mais à vontade com ele do que com o esposo. Ignoraram situações e contextos diferentes. Foram iludidos pelo irreal. Lembre-se do filho pródigo: o mundo lhe era fascinante, mas terminou num chiqueiro.
As aparências iludem, porque o mundo em que vivemos em casa é o real. O mundo dos relacionamentos fora de casa é sempre artificial.
EVITE A Síndrome do retorno

É a idéia de que a vida sentimental e sexual caiu na rotina, e agora, a pessoa "renasceu". Já vi inúmeros casos assim: "Eu
renasci", ou "Eu me senti jovem de novo". Não banque o adolescente.
Você é um adulto com responsabilidades e com uma pessoa com quem partilha a vida. Construa sua vida com seu cônjuge. Se sua vida conjugal se "fossilizou", há outros
caminhos. Revigore-a com seu cônjuge. Há pessoas que sempre se fossilizam e pulam de
relacionamento em relacionamento, procurando o que não produzem. Temos o que produzimos.
Ponha seu  Coração no seu LAR
A solidez do casamento vem pelo tempo que os cônjuges gastam  juntos. Conversas, risos, passeios, programas comuns. Se você não sai com seu cônjuge, marque datas para os próximos meses. Vocês devem ter um ao outro como o melhor companheiro. Mantenham o clima de namoro: querer estar junto com a pessoa. Orem juntos.
Dificilmente duas pessoas que oram juntas brigarão entre si. Sejam parceiros espirituais.
Invista no seu Cônjuge
O marido da mulher virtuosa é conhecido quando se levanta em público (Pv 31.23). A idéia é que ele está bem vestido e vê o caráter dela pela roupa dele. Uma boa esposa é um bom tesouro (Pv 18.22). Do bom tesouro cuida-se e evita-se perdê-lo.
Marido: mulher bem tratada é um grande investimento; o retorno emocional é garantido. Mulher: marido bem tratado é um grande investimento; o retorno emocional é garantido.
BUSQUE AJUDA
Havendo problemas, busque ajuda. Primeiro em DEUS. Lembre-se de Tiago 1.5. Busque orientação de pessoas mais experientes ou do ministério. Evite que o problema se avolume. Evite conselhos de gente que não tem o que dizer. Os amigos de Roboão lhe deram maus conselhos (1Rs 12.6-12). Nesta busca de ajuda, evite por mais lenha na
fogueira. Evite também raiz de amargura (Hb 12.15). Busque ajuda e não um juiz a seu favor.
Conclusão

Bons casamentos não acontecem por acaso. São produto de muito
trabalho e da graça de DEUS. Boa parte do trabalho é investimento
emocional no relacionamento conjugal. Mas investir sem proteger é problemático. É preciso levantar cercas contra os problemas externos, porque os internos são mais vistos e  os dois vivenciam.
Não permita brechas. Não dê armas ao inimigo.

FONTE: WhatsApp

terça-feira, 20 de outubro de 2015

Ato de transmitir doenças incuráveis propositalmente precisa ser desestimulado

Quero falar sobre um assunto que não é lenda urbana, mito e tampouco fantasia. Algo que tem me preocupado bastante e que quero alertá-los. Trata-se de criminosos que decidiram infectar pessoas de forma proposital com o vírus HIV e outras doenças sexualmente transmissíveis.
 As ações vieram à tona após o jornal “O Globo” publicar, no mês fevereiro, matéria intitulada “Clube do carimbo: Soropositivos pregam técnicas de transmissão do HIV de propósito”. Em trecho da publicação, o jornal explica que um grupo de homossexuais soropositivos se reúne em sites para passar dicas de como transmitir aids para outras pessoas. A premissa é que se todos tiverem a doença, ela não será mais um problema social. Junto a isso, a prática do bareback, o sexo sem camisinha, misturado com uma dita sensação de aventura, faz com que as ‘carimbadas’ aconteçam com mais frequência e já se tornem um problema de saúde pública.
 À época, apresentei na Câmara dos Deputados o Projeto de Lei n°1048/2015, que tipifica o crime de perigo de contágio de moléstia incurável. Infelizmente até hoje a referida proposição não avançou, pois alguns parlamentares, intimidados por grupos e movimentos, afirmam que o projeto poderá trazer um aumento significativo de preconceito contra homossexuais.
 O que ocorre é que o projeto apresentado jamais teve a intenção de rotular ou discriminar os que praticam o homossexualismo, muito pelo contrário, nossa intenção foi exatamente proteger essas pessoas, que de acordo com a reportagem são as mais propensas a serem vítimas desse “Clube do carimbo”.
 Nas últimas semanas, um caso em especial ocupou as páginas dos maiores jornais do país. De acordo com as manchetes, a Polícia Civil indiciou um homem conhecido como Renato Peixoto Leal Filho, de 43 anos, por contágio de moléstia grave. Ele é morador da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, e suspeito de transmitir intencionalmente o vírus HIV para mulheres com quem manteve relações sexuais.
 As investigações tiveram início no fim de agosto, quando uma das supostas vítimas procurou a polícia para denunciar Renato. Já na 16ª DP (Barra da Tijuca), que assumiu o caso, uma segunda mulher foi ouvida e relatou o mesmo modo de agir. Segundo elas, Renato aborda moças pelas redes sociais e as convence a sair. Posteriormente, sem informar sobre a doença, insiste para que o sexo seja feito sem o uso de preservativo.
 Vejam bem, caros amigos, esse caso mostra a relevância do nosso projeto. Não se trata de perseguição ao movimento LGBT, nem um subterfúgio para criar ódio e preconceito. O texto do PL n°1048/2015 prevê punição a todos, independentemente da orientação sexual, que de forma proposital, transmite doenças incuráveis.  

Nossa missão é maior que rixas, brigas e discordância de pensamento e ideologia. Nossa missão é proteger e salvar vidas.
Sóstenes Cavalcante
Deputado Federal

PSD-RJ

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Que tipo de descanso o salvo terá na sombra do Onipotente?

Sl 91:1 Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Onipotente descansará.
Que tipo de descanso o salvo terá na sombra do Onipotente?
Descanso de nunca mais trabalhar, ou algum outro tipo de utopia mundana?
Isso não contradiz que os salvos terão tribulações, como diz essa passagem: 2Co 7:4  Grande é a ousadia da minha fala para convosco, e grande a minha jactância a respeito de vós; estou cheio de consolação; transbordo de                                             gozo em todas as nossas tribulações.?
Não.
Mt 11:29  Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas.
Mt 11:28  Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei.
O descanso é essencialmente espiritual devido a:

1) A presença de Deus
Êx 33:14  Disse pois: Irá a minha presença contigo para te fazer descansar.
Sl 23:2  Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranqüilas.
2) A resposta positiva de Deus
Sl 116:7  Volta, minha alma, para o teu repouso, pois o SENHOR te fez bem.
Is 14:3  E acontecerá que no dia em que o SENHOR vier a dar-te descanso do teu sofrimento, e do teu pavor, e da dura servidão com que te fizeram servir,
3) A evidente certeza da salvação que Deus oferece
Is 28:12  Ao qual disse: Este é o descanso, dai descanso ao cansado; e este é o refrigério; porém não quiseram ouvir.
Is 30:15  Porque assim diz o Senhor DEUS, o Santo de Israel: Voltando e descansando sereis salvos; no sossego e na confiança estaria a vossa força, mas não quisestes.
4) A duração, pois é eterno
Ap 14:13  E ouvi uma voz do céu, que me dizia: Escreve: Bem-aventurados os mortos que desde agora morrem no Senhor. Sim, diz o Espírito, para que descansem dos seus trabalhos, e as suas obras os seguem.

Pastor Jorge Peres

Pai não aguento mais a minha esposa.

O marido chegou para o pai e disse: Pai não aguento mais a minha esposa. Quero matá-la, mas tenho medo que descubram.  O  senhor poderia me ajudar?
O pai respondeu: Posso sim, mas tem um, porém...Você vai ter que fazer as pazes com ela para que ninguém desconfie que foi você quando ela morrer. Vai ter que cuidar muito bem dela, ser gentil, agradecido, paciente, carinhoso, menos egoísta, retribuir sempre, escutar mais...Tá vendo este pozinho aqui?  Todos os dias você vai colocar um pouco na comida dela. Assim, ela vai morrer aos poucos.
Passado os 30 dias, o filho voltou e disse ao pai: Eu não quero mais que ela morra! Eu passei a amá-la. E agora? Como eu faço para cortar o efeito do veneno?

O pai, então, respondeu: Não se preocupe! O que eu te dei foi pó de arroz.
Ela não vai morrer, pois o veneno estava em você! Quando alimentamos rancores, morremos aos poucos. Que possamos fazer as pazes conosco e com quem nos ofendeu.
Que possamos tratar os outros, como gostaríamos de ser tratados.

Que possamos ter a iniciativa de 
amar, de dar, doar,
de servir, de presentear...e não só a de querer ganhar, ser servido, tirar vantagem e explorar o outro. Que o amor de Deus nos alcance todos os dias, pois não sabemos se teremos tempo de nos purificarmos com este antídoto chamado perdão. 

fonte:Encontrei por ai!

quarta-feira, 14 de outubro de 2015

o Dr. David Owuor estave em Brasília sábado e domingo na Cidade Missionária

A Cidade Missionária fica na Quadra 26 do Park Way (próximo ao aeroporto). Ela foi inaugurada há menos de três meses e tem como objetivo maior  apoiar  todos os missionários brasileiros que estão no campo dentro ou  fora do Brasil.
Já é de conhecimento de todos que  Dr. David é o número um da lista do ISIS (Estado Islâmico) dos condenados a morte.  A vida de Dr. David corre risco.  Ele vem a Brasilia pois tem  uma palavra de profecia para o Brasil.  A Embaixada do Kenia,  mas os dirigentes da Cidade Missionária com certeza cuidarão da segurança dele,  mas precisamos cobri-lo em oração.
Os irmãos sabem que por onde ele passa os chefes de estados o recebem em audiências e alguns inclusive vão aos cultos. No Brasil até agora o Palácio do Planalto não se manifestou se ele será ou não recebido pela Presidente Dilma, ou pelo Vice Presidente,  ou por um de seus   representantes.
Dr. David já antecipou que algo grande vai acontecer em nosso país nos próximos meses  (é conhecido o cumprimento de suas profecias sobre terremotos, furacões, fenômenos da natureza, etc) Ele também já  tem a certeza que o maior avivamento da Igreja de Jesus Cristo, jamais visto no mundo, vai começar em nossa Nação e este também é um dos motivos que o traz ao Brasil. O que só confirma o que nossos pastores e apóstolos estão falando já há algum tempo.
  A Cidade Missionária só comporta cinco mil pessoas, razão pela qual não houve grande  divulgação de sua vinda. Além do mais, ela fica próximo de Embaixadas e do aeroporto e neste sentido todos os cuidados de segurança  precisam ser tomados e assim o evento não pode ser muito grande. Mas os kuserescda Cidade Missionária solicitou que transmitisse a todos vocês o convite para estar lá.
Há uma grande expectativa também que milagres e curas aconteçam  durante as duas ministrações. muitas pessoas cadeirantes, cegas,    e enfermas já fizeram contato com a Cidade Missionária e os dirigentes garantem que  haverá no local acessibilidade e apoio aos enfermos para facilitar o acesso deles ao Profeta.

Se Dr. David não for recebido no Palácio,  e se for constado que não haverá problema com sua segurança pessoal, ele irá  em carreta com os pastores e missionários (saída da Cidade Missionária) até a Praça dos Três Poderes no  domingo pela manhã orar  e neste momento entregará a profecia ao Brasil.
Solicitamos a todos que desde  estejam intercedendo.
Os eventos dos dias 10 e 11 serão transmitidos ao vivo pelo site da Cidade Missionária.
O Dr. David é conhecido em todo o mundo como o "Profeta da Chuva".  Em alguns lugares, durante suas ministrações, ele olhou para o céu e pediu chuva e imediatamente ela caiu no local do culto . Isto já aconteceu em lugares seco, com desertos (fenômeno que vem intrigando os
cientistas). É possível que aconteça o mesmo em Brasília. Assim.  a Cidade Missionária estará providenciando capas de chuvas para todos, mas recomenda-se que cada um  leve a sua.

Como acredito em  milagres e curas divina; como acredito que "estes sinais seguirão os que crêem"; como acredito que "Jesus é o mesmo ontem, hoje e eternamente"; como acredito que   Jesus garantir que "farão as mesmas obras que Eu faço",  estarei lá nascidas 10 e 11. Não por causa dos fenômenos sobrenaturais, mas para junto com Dr. David e os membros da Cidade Missionária orar pela cura e restauração do Brasil. E neste  sentido já orei junto com pastores, apóstolos,  padres, índios,  missionários e agora farei isto junto com Dr. David. abraços.  DAMARES ALVES 

O Evangelho Social, os Conselhos de Igrejas e o Socialismo Fabiano

Chamado "Pai do Evangelho Social", Walter Rauschenbusch (1861-1918), foi criado em uma família de imigrantes alemães luteranos em Nova Iorque. Estudou teologia na Universidade de Rochester, uma das centenas de instituições educacionais "cristãs" financiadas por John D. Rockefeller. Depois de pastorear uma Igreja Batista entre os imigrantes pobres na cidade de Nova Iorque durante alguns anos, ele se tornou docente do Seminário Teológico Rochester – também financiado por Rockefeller. Em 1902, ele se tornou Professor Titular de História da Igreja dessa instituição de ensino.
A partir dessa proeminente plataforma, ele escreveu livros como "Christianizing the Social Order" Cristianizando a Ordem Social e "A Theology for the Social Gospel." Uma Teologia Para o Evangelho Social. Embelecido na "alta crítica" e na ideologia socialista, ele ensinava o que muitos consideravam um evangelho mais relevante e solidário. Como resultado disso, ele "mudou tanto a ênfase quanto a direção do Protestantismo Americano". Rauschenbusch apresentava Jesus "não como alguém que viria para salvar os pecadores de seus pecados, mas como alguém que tinha uma ‘paixão social’ pela sociedade." Ele e seus companheiros estabeleceram a "Brotherhood of the Kingdom"( Fraternidade do Reino), que unificou líderes de igrejas que tinham as mesmas convicções que ele sobre uma busca socialista comum para um "Reino de Deus" terreno.
O plano deles teria se encaixado bem nos nossos tempos! Esse plano clamava por reforma, por unidade ecumênica, por "Justiça Social" e por paz global. Para justificar seu lugar na teologia "cristã", palavras como redenção e regeneração foram redefinidas para se encaixarem aos seus ideais socialistas.
Parece familiar, não é mesmo? Os líderes populares das igrejas usam a mesma estratégia atualmente. The Secret Message of Jesus  “A Mensagem Secreta de Jesus’’, o livro recente do pastor Brian McLaren, torce a Palavra de Deus, fazendo-a endossar um reino terreno e inter-religioso. Semelhantemente, a esperança de Tony Campolo por uma perfeição terrena zomba da promessa bíblica da vida eterna:
"O evangelho não tem nada a ver com um prêmio para quando se morre. É imperativo que a geração que está vindo reconheça que o Jesus bíblico estava comprometido com a realização de uma nova ordem social neste mundo. Tornar-se cristão, portanto, é ter um chamado à ação social". [5]
Em 1907, Rauschenbusch encontrou-se com os líderes do Socialismo Fabiano na Inglaterra, Sidney Webb e Beatrice Potter Webb.
Diferentemente dos impacientes revolucionários marxistas, os metódicos fabianos enfatizavam a transformação pacífica por meio da propaganda e da infiltração nas universidades, seminários e igrejas.
Ao longo dos anos, esse movimento socialista cresceu de formas a incluir Bertrand Russell, H. G. Wells (que escreveu "Open Conspiracy" [Conspiração Aberta]), o escritor de peças de teatro George Bernard Shaw, Sinclair Lewis, a líder da teosofia Annie Besant, e o líder comunista Harry Dexter White, que trabalhou com Alger Hiss para estabelecer as Nações Unidas.[6] O movimento se espalhou pelas nações ocidentais – graças em parte, às igrejas liberais que pregavam sua mensagem como se fosse apoiada pela autoridade de Deus.
Notas:
1. Dr. A.W. Beaven, ex-presidente do Conselho Federal de Igrejas (EUA). Citado por
Edgar C Bundy, página 99. Referências abaixo.
2. Edgar C Bundy, Collectivism in the Churches: A documented account of the political activities of the Federal, National, and World Councils of Churches [O Coletivismo nas Igrejas: Um relatório documentado das atividades políticas dos Conselhos Federal, Nacional e Mundial de Igrejas] (Wheaton, Illinois: Church League of America, 1957), p. 97.
3. Ibid.
5. Tony Campolo, "Reflections on Youth Ministry in a Global Context" [Reflecções Sobre o Ministério de Jovens em um Contexto Global], National Council of Churches, "Poverty March 2002". www.ncccusa.org/poverty/sermon-campolo.html
Fonte:Berit Kjos


Projeto regulamenta a Capelania em todo Brasil

O deputado federal Sóstenes Cavalcante (PSD-RJ) apresentou, na Câmara dos Deputados, Projeto de Lei n° 2979/15, que regulamentar a prestação de assistência religiosa nos locais destinados ao cumprimento de penas de ordem criminal.
De acordo com o parlamentar, o projeto foi inspirado no livro Deus na prisão: uma análise jurídica, sociológica e teológica da capelania prisional, publicado em 2013 pela Editora Betel. Seu autor, Antonio Carlos da Rosa Silva Junior, é Bacharel em Direito, Especialista em Ciências Penais e Mestre e Doutorando em Ciência da Religião, o primeiro e os dois últimos junto à Universidade Federal de Juiz de Fora. Saliente-se que desde 2007 se dedica a estudar e pesquisar sobre a assistência religiosa destinada aos encarcerados. “Antonio Carlos é o “autor intelectual” deste projeto”, afirmou Sóstenes.
Em sua justificativa, Sóstenes destaca que embora a Constituição de 1988 assegure, nos termos de lei, a prestação de assistência religiosa nas entidades civis e militares de internação coletiva, e da Lei n° 9982/2000, que dispõe sobre a prestação de assistência religiosa nas entidades hospitalares públicas e privadas, bem como nos estabelecimentos prisionais civis e militares, não há por parte da União, órgão competente para legislar sobre direito penitenciário, a elaboração de normas gerais sobre essa questão penitenciário, sendo assim, cada Estado acaba por surrupiar direitos básicos do cidadão preso.
“Este projeto tem 31 artigos visando estabelecer essas diretrizes gerais, capazes de salvaguardar a plena manifestação da liberdade religiosa nos cárceres brasileiros”, justifica.

Dentre vários pontos de divergência estadual envolvendo o trabalho do capelão, o deputado destaca a questão sobre número máximo de agentes religiosos que podem ser cadastrados e que ingressam simultaneamente em cada unidade. “O coerente é levar em consideração a quantidade de detidos que já optou por ser atendido por determinado segmento religioso, o quantitativo da população carcerária em geral e a necessidade de particularizar a assistência prestada. Nossa proposta, ainda, encontra amparo na conjugação das normas estaduais e na perspectiva de implantar uma capelania cada vez mais abrangente”. 

terça-feira, 13 de outubro de 2015

De ateu a pastor com mega igreja!

Por mais de 30 anos, David Ireland negou a existência de Deus, seus ideais estavam focados em ciência e lógica. Mas sua vida foi transformada quando um dia em seu quarto ele disse: “Deus se realmente tu existe muda a minha vida”. Desde então, David começou a compartilhar a sua fé com outras pessoas.
 O nativo do bairro Queens, até agora ele já escreveu mais de uma dúzia de livros, e agora dirige uma próspera congregação com mais de 8.000 membros de uma igreja no norte de Nova Jersey.
Depois de viver tanto tempo confuso, o pastor David relata, “hoje eu posso entender e ajudar as pessoas que se declaram ateus, eu estava naquele estado, muitas vezes perguntam-me sobre a existência de Deus e eu só dei os meus argumentos, meus ideais lógicos, mas eu entendo que foi um mecanismo que usei naquele momento para me defender e não aceitar a verdade”, diz Ireland.
David também compartilhou que os cristãos devem olhar de perto como eles verão a Deus porque em última análise, a sua percepção é que molda a sua fé.
Ex-ateu diz que a doença de sua filha o levou a tornar-se Cristão

“O Evangelho deve ser considerado como uma fé que nos ajuda a entrar em contato com Deus.” Devemos olhar para Deus como nosso pai, mas também como nosso general e como membros de seu exército, devemos nos preparar para lutar a batalha da fé e defender o evangelho da verdade, onde quer que formos. ” 

segunda-feira, 12 de outubro de 2015

Efeitos especiais da novela “Os Dez Mandamentos” deixou produtora americana impressionada, afirma diretor.

As cenas da sétima praga da novela bíblica “Os Dez Mandamentos” deixou muita gente de queixo. Mas não não foi somente o público que ficou impressionado com as sequências.
Parte das cenas, que mostram Moisés no alto do monte, o céu negro, os raios e trovões foi realizada em Hollywood, já as sequências que mostram a cidade sendo destruída foram feitas no próprio Recnov. A pós-produção e finalização também ficou a cargo do estúdio americano.
O destaque positivo da sétima praga em Os Dez Mandamentos fica exatamente para o visual aterrorizante do olhar de Moisés sobre a capital do Egito e a chuva se formando no céu. As bolas de fogo criadas digitalmente também ficaram boas, já as tochas de fogo real, criado com explosões, ficaram nitidamente artificiais, assim como a chuva de granizo.

A falta de veracidade e realidade em boa parte das cenas de Os Dez Mandamentos não passou despercebido aos olhos do público, que comentou nas redes sociais. Alguns usuários do Twitter repararam no uso de chroma key, fundo verde preenchido com imagens de computação gráfica, comumente usado por equipes de efeitos visuais.

Em entrevista recente o diretor Alexandre Avancini comentou sobre a sétima praga e afirmou que foi a sequência mais trabalhosa. O castigo envolveu todo o elenco, além de dublês e figurantes. Segundo ele, a cidade cenográfica foi completamente destruída para as filmagens, feitas pela equipe da Record. Já os efeitos especiais ficaram a cargo da produtora norte-americana Stargate, que tem no currículo produções como The Walking Dead e Spartacus.
O diretor da trama, revelou ao R7 que a equipe da produtora Stargate, responsável pela parte da computação gráfica, ficou surpresa com a qualidade dos efeitos especiais. “ A equipe da Stargate, que finalizou as cenas através de computação gráfica, estava presente para ajudar na parte técnica deles. A construção das cenas foi nossa e o pessoal da produtora ficou surpreso com a qualidade da nossa pirotecnia, ou seja, se surpreendeu com as explosões e todo o efeito especial”, contou.

Avancini ainda falou que a sua maior preocupação é com a preservação física dos atores e dos demais profissionais. “Neste tipo de sequência, a grande preocupação é segurança, pois envolve muita explosão e grande número de elenco, além dos figurantes.”, contou.
NÃO PERCA OS PRÓXIMOS CAPÍTULOS!

sábado, 10 de outubro de 2015

>>>Reflexão - Criando filhos.

Até mesmo uma criança revela sua personalidade mediante suas ações; seu procedimento demonstrará o quanto ela é sincera e bondosa. (Provérbios 20:11)

Quando eu era garoto, meu pai me perguntava: "O que você quer ser quando crescer?" E eu respondia com franqueza (adoravelmente, sem dúvidas), "um papai':Em 2011, meu sonho de me tornar pai tornou-se realidade quando meu filho, Oscar, nasceu. Desde este dia, minhas esperanças e sonhos se voltaram para o que o Oscar será quando crescer. É claro que eu gosto de imaginar ele crescendo bonito, talentoso, piedoso e amável, mas não tem como saber isso ainda...Sem dúvida, ele terá uma cabeleira decepcionante, gostará de comer e suará mesmo quando estiver frio. Para a maioria das coisas, no entanto, vou ter que esperar para ver o que ele vai ser quando crescer.

Muitas vezes, eu sonho com o grande homem que ele pode ser e quão amável ele será para os outros. Eu sonho que técnicos, professores e pastores irão aprová-lo e até mesmo se impressionar com ele. Imagino seus colegas tendo alta consideração por ele, querendo estar perto dele o tempo todo. Eu imagino que a geração que o segue irá admirá-lo. Eu amo a ideia de que, enquanto ele se torna um homem, ele alcançará favor em tudo e com qualquer pessoa que ele entrar em contato. Alguns desses desejos são saudáveis, e alguns são orgulhosos.
Eu tenho um forte, e certamente não-incomum desejo de que meu filho seja validado pelo amor das outras pessoas. Muitos pais querem que seus filhos ou filhas sejam pessoas amadas, mas este desejo não é o que faz João 15.19 tão transformador e importante quando confronta a maneira como preparamos nossos filhos para o futuro. Cristo diz a seus discípulos: "Se vocês pertencessem ao mundo, ele os amaria como se fossem dele. Todavia, vocês não são do mundo, mas eu os escolhi, tirando-os do mundo; por isso o mundo os odeia". E não é apenas em João 15.19. Há muitos textos nas Escrituras que descrevem a relação conflituosa que os seguidores de Deus terão com aqueles que não são crentes.

Lendo isto, percebi que se Deus responder minhas orações para que meu filho se torne um seguidor de Cristo, as pessoas irão odiá-lo. Sem dúvida, as pessoas serão absolutamente repelidas por meu filho.
Se Deus graciosamente salvar meu Oscar, pessoas irão chamá-lo de fanático e homofóbico. Alguns irão ridicularizá-lo como um machista da mesma forma que eles desprezam suas crenças "sexistas". Ele será desprezado como um "mente fechada" por dizer que Jesus Cristo não é apenas Deus, mas o único Deus. Ele provavelmente vai conhecer uma garota que o insulta por sua masculinidade ou por considerá-lo antiquado por esperar um casamento sem ter tido sexo. Seus colegas irão achar que ele é um puritano. Valentões irão chamá-lo de covarde. Sua integridade atrairá insultos como "caxias" (eu não sei o que isso significa).

Os professores acharão que meu filho ignora os fatos científicos sobre nossas origens, incitando seus colegas de classe a acharem ele um idiota. Pessoas vão dizer que ele foi desviado por seus pais a um caminho ultrapassado de moralidade mascarado por um relacionamento com Deus. Consultores financeiros irão achar que ele é irresponsavelmente generoso. Quando ele tomar uma decisão, haverá aqueles que não tolerarão sua intolerância. Ele será julgado como julgador. Ele terá inimigos e eu pedirei que ele os ame, e mesmo por isso ele parecerá um tolo.
Se você é como eu e espera que seus filhos sejam seguidores devotos e completos de Cristo, então precisamos criar uma geração que está preparada para ser distintivamente diferente de seus colegas. Em muitas formas, isto é o oposto da minha inclinação natural de como criar meu filho. Criar filhos que estão prontos para serem odiados significa criar crianças que não têm vergonha de seu amor por Deus, mesmo em meio ao ódio e à alienação. Independente dos insultos serem legítimos ou ingênuos, oro para que nossos filhos estejam prontos para manterem-se firmes em meio a um mundo que os odeia.
Por Adam Griffin

  

segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Vem Aí! Saiba mais sobre “Advogada do Diabo”, a nova série da Globo.

A TV Globo está escondendo a sete chaves a sua nova programação para o ano de 2016 que inclui programas, novelas, minisséries e séries, mas por falar em séries, existe uma que a emissora não divulgou absolutamente nada sobre, trata-se de “Advogada do Diabo” que será uma série de suspense com um toque de humor, porém a mesma ainda está em fase de produção.
De acordo com a jornalista Patrícia Kogut a história está sendo produzida por Alexandre Machado e Fernanda Young. Na série uma advogada terá um cliente que quer um divórcio, mas ao decorrer disso, ela desconfiará que na verdade o seu cliente é o Diabo, aí que começa toda a história que será dirigida por Mauro Mendonça Filho que foi o mesmo diretor de “Verdades Secretas”.
“Advogada do Diabo” vai marcar algo interessante na Globo que é a transição das séries do humor para a ação, suspense e terror. Já que os telespectadores sempre pediam que a emissora investisse em mais séries desse tipo, já que de humor a emissora já faz muitas séries e inclusive já se consolidou na categoria. “Advogada do Diabo” não tem ainda uma data para estrear mais já se sabe que  está nos planos da Globo exibir ela no ano que vem.

Padre Marcelo Rossi participa de sessão de autógrafos em Natal nesta terça-feira.

O padre Marcelo Rossi estará em Natal nesta terça-feira (06), através da Livraria Leitura, para lançar o seu terceiro livro, Philia, em sessão de autógrafos a partir das 14h30. O acesso do público será através do piso 4 do Deck Parking do Natal Shopping. A obra retrata a própria experiência pessoal do religioso ao vencer a depressão por amor fraternal, e ainda trata de outros males contemporâneos como ansiedade, medo, tristeza, pessimismo e desemprego. O padre repete a união entre teoria e prática, responsável pelo sucesso de seus dois livros anteriores, Ágape e Kairós, que juntos já venderam mais de 12 milhões de exemplares.
Em Philia, padre Marcelo fala sobre cada um dos males abordados, sugere orações específicas para combatê-los, recomenda reflexões a partir de trechos da Bíblia e dá dicas práticas para eliminá-los de nossas vidas. “Meu primeiro impulso foi me deter apenas em minha experiência pessoal e discutir os malefícios da depressão e o quanto qualquer pessoa está sujeita a eles. Mas depois lembrei as centenas de e-mails que recebo todos os dias com pedidos de oração e conselhos. Fiz uma seleção das angústias que mais afligem o coração de meus amados. Foi assim que cheguei aos temas dos catorze capítulos deste livro”, explica o autor.
Fonte> Assesoria


Para metade do país ‘bandido bom é bandido morto'; opine!

Metade do país acha que “bandido bom é bandido morto”, segundo uma pesquisa do Datafolha. Dos 1.307 entrevistados em 84 cidades com mais de 100 mil habitantes, 50% concordam com a expressão, 45% discordam e 5% não concordam nem discordam ou não sabem. A pesquisa foi feita no dia 28 de julho.
Com a margem de erro de três pontos percentuais, o resultado teve empate técnico. A pesquisa, encomendada pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, foi publicada nesta segunda-feira (5) na ‘Folha de São Paulo’.
A diferença aumenta ou cai um pouco quando separada por sexo. Entre os homens, 52% concordam e 45% discordam. Já entre as mulheres, 48% concordam e 46% discordam. Separado por idade, quanto mais velho, mais a expressão é aprovada. Na faixa de 16 a 24 anos, 42% concordam. Já para os que têm 60 anos ou mais, 65% estão de acordo.

Quando separado por cor da pele, a maior diferença é entre brancos e pretos. Para os brancos, 53% concordam e 41% discordam. Já entre os pretos, 44% concordam e 50% discordam. Por região do país, a maior diferença está entre o Sudeste – 48% concordam e o mesmo número discorda – e o Sul, onde 54% concordam e 37% discordam.
Mortes por policiais em São Paulo
De janeiro a agosto de 2015, 571 pessoas foram mortas por policiais militares durante operações no estado de São Paulo, segundo levantamento da Ouvidoria das polícias paulistas. Em todo o ano de 2014 foram 838 vítimas. Já em 2013, 562.
A Ouvidoria diz que os “assassinatos praticados por policiais se tornaram um hábito”. A Secretaria da Segurança Pública contestou os números apresentados pela Ouvidoria. A pasta afirma que “de janeiro a julho deste ano, houve 442 mortes decorrentes de intervenção policial e 49 homicídios por policiais em serviço e em folga”.
Qual a sua opinião sobre o assunto? Deixe o seu comentário
Fonte: G1 

sábado, 3 de outubro de 2015

Outubro Rosa no Tribunal de Contas do DF

O câncer de mama é o segundo com maior incidência entre as mulheres. De acordo com dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca), mais de 50 mil novos casos da doença devem ser identificados este ano no país. De olho na prevenção, o Tribunal de Contas do Distrito Federal aderiu, mais uma vez, ao movimento conhecido como Outubro Rosa. Para lembrar a importância do diagnóstico precoce, o TCDF terá iluminação rosa durante este mês, assim como outros órgãos e monumentos do DF.
Além disso, a Divisão de Programas da Saúde do Tribunal vai realizar ações pontuais com as servidoras para estimular a realização de exames preventivos.
Assessoria de Comunicação
Tribunal de Contas do DF

+55 61 3314-2380 

É tempo de pregar

“E será pregado este Evangelho do reino por todo o mundo, para testemunho a todas as nações. Então, vira o fim.” (Mateus 24.14; Marcos 13.10).
Nos dias 3 e 4 de outubro de 2015, será realizada na Igreja Presbiteriana Nacional (IPN), quadra 906, Asa Sul, Brasília, a VII Conferência de Evangelismo Urbano e a II ExpoCEU. Você está convidado a aproveitar o privilégio de receber a Palavra de Deus norteadora da nossa Missão como Igreja. O evento começa no sábado às 17h e tem como tema: “Trabalhemos enquanto é dia! O que você está fazendo?”, pois é tempo de pregar o Evangelho a toda criatura.
[No assim chamado Sermão Profético, Cristo ensinou que o Evangelho deveria ser pregado a todas as nações antes dele voltar]. Jesus não quer dizer que cada derradeira pessoa da terra tem de se converter antes da Parousia [do grego, a Presença, indicando a volta visível de Cristo], uma vez que é evidente pelo restante das Escrituras que esse nunca será o caso. Jesus também não quer dizer que cada indivíduo sobre a terra precisa ouvir o Evangelho, antes que ele retorne. O que Ele efetivamente diz é que o Evangelho tem de ser pregado por todo o mundo, como testemunho para todas as nações.

A ideia parece ser a de que o Evangelho será para todas as nações uma testemunha que convida a uma decisão. O Evangelho tem de se tornar uma força a ser levada em conta pelas nações do mundo. Não significa que cada membro de cada nação ouvirá o Evangelho, mas que este se tornará uma parte da vida de cada nação, de modo tal que não possa ser ignorado. O Evangelho deveria despertar fé, mas se for rejeitado, ele testificará contra aqueles que o rejeitaram. Portanto, a pregação do Evangelho reforçará a responsabilidade de cada nação com relação a ele.
A pregação missionária do Evangelho a todas as nações é na verdade, o sinal dos tempos extraordinário e mais característico. O período entre a primeira e a segunda vinda de Cristo é a era missionária por excelência. Este é o tempo da graça, um tempo em que Deus convida e insta com todos os homens para serem salvos. Na Grande Comissão, na verdade este sinal toma a forma de uma ordem: “Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações” (Mateus 28.19). A promessa que segue indica que esta ordem missionária deve ser levada adiante por toda esta era:”E eis que estou convosco todos os dias até a consumação do século” (v. 20). Este sinal dos tempos, por essa razão deveria ser um grande incentivo para Missões. Desde o Pentecostes (a vinda do Espírito Santo), repousa sobre cada geração a obrigação solene de levar o Evangelho a cada nação.

Mas é importante observar que este sinal não nos autoriza a marcar uma data precisa para a segunda vinda de Cristo. Quem pode estar certo de quando o Evangelho já terá sido pregado como testemunho para todas as nações? Em quantas línguas e dialetos a Bíblia ou partes da Bíblia terão de ser traduzidos antes que esse alvo seja alcançado? Quantos membros de uma nação tem de ser evangelizados, antes que se possa dizer que o Evangelho será um testemunho para essa nação? E, o que de fato, constitui uma nação?
Temos humildemente de admitir então, que somente Deus poderá saber quando este sinal tiver sido totalmente cumprido. Entretanto, o fato de que o Evangelho está sendo pregado por todo o mundo é um sinal que nos assegura que Cristo veio e está voltando novamente, mas não nos conta exatamente quando isso ocorrerá. Enquanto isso, a igreja deve continuar a proclamar fielmente o Evangelho por todo o mundo, sabendo que Missões continuam a ser a característica peculiar desta Era até a Parousia.
Então, enquanto vivemos nesta terra, nós nos preparamos para a vida na nova terra de Deus, com Cristo. Através de nosso serviço real estão sendo agora reunidos os materiais de construção para aquela nova terra. Bíblias estão sendo traduzidas, pessoas estão sendo evangelizadas, crentes estão sendo renovados, e culturas estão sendo transformadas. Somente a eternidade revelará o significado total do que está sendo feito para Cristo aqui.]

Por Anthony Hoekema. Publicado no Boletim Nacional da IPN